Um novo empreendimento chamado mãe!


Observo a pessoa que me tornei e percebo que estes quase 3 anos de maternidade me levaram a lugares nunca antes imaginado. São desafios físicos e emocionais diários que são vivenciados e muitas vezes não superados, mas apenas sentidos. A ideia de chegada é substituída pela permanência e pelo estar presente.


São as noites em claro que parecem uma maratona física e ao mesmo tempo o desgaste emocional da solidão das mesmas noites fazem a manhã chegar diferente. Cada mãe cria o seu mecanismo para estar nestas noites e faz parcerias para viver ou simplesmente sobreviver.


O fato é que não somos mais as mesmas pessoas que entraram nesse processo de maternidade. Estávamos tão preocupadas com o parto, mas este era somente um pequeno momento desta nova partida.


Olho em volta e percebo o privilégio de estar num grupo de mães que estão vivenciando a mesma jornada, cada uma no seu momento, mas com muitos aprendizados em comum. Cada fase dos nossos filhos, nos proporcionam desafios diferentes e seguimos sentindo, vivendo, sendo e fazendo.


Somos forjadas a alta temperatura de pressão emocional e física. Neste contexto, desenvolvemos habilidades que se o mercado tradicional soubesse faria um enorme esforço para nos reintroduzir rapidamente nesse cenário, mesmo que com jornadas menores, mesmo que com pausas para cuidar da doença de nossos filhos, mesmo que com as novas preocupações que chegam.

Potencialmente desenvolvemos as seguintes habilidades: a empatia, inteligência emocional, resiliência, foco e criatividade. A enxurrada de hormônio que recebemos no parto e com a amamentação ajuda diversas destas habilidades, outras são trazidas pelo dia a dia dedicado aos cuidados do filho que chega e a conciliação das rotinas que são alteradas.


A empatia é a capacidade de perceber e se colocar no lugar do outro. Com o nascimento de um filho, não temos muita escolha e deixamos de ser o centro de nossa atenção e por uma questão de sobrevivência desse novo ser, aprendemos a entender o que ele precisa, o que ele está sentindo, quais as suas necessidades e as atendemos, muitas vezes deixando coisas básicas nossas, como banho, almoço e sono para depois.


Assim, caminhamos e desenvolvemos inteligência emocional. Precisamos fazer todos os dias escolhas, gerir situações de conflitos e dizer não, muitos nãos. O controle emocional chega pelo descontrole, pela experiência, vivências e nos amplia o olhar.


Passamos a apreciar coisas simples, como tomar um café completo sozinhas e não nos desestruturamos com coisas complexas como o caos externo trazido pela bagunça do ambiente. Isso mesmo, muitos dias, escolhemos deixar o caos externo e repousarmos em nós mesmas. É um encontro diário com nossos limites e, talvez, descobrimento de novos limites.


A resiliência chega de mansinho, caímos, levantamos e fazemos de novo e de novo e de novo se necessário for. Depois de uma noite em claro, vem diversas outras sem prazo certo para terminar e seguimos ali, uns dias firmes, outros desmoronada, mas seguimos e amanhecemos.


O foco nos permite fazer uma atividade uma única vez e realizada de forma correta. Não temos tempo para retrabalho, nosso tempo é escasso e precisa ser bem aproveitado, então, concentração nas atividades importantes é fundamental.


A criatividade brota de nossa entranhas. Surge uma vontade/capacidade de criar o que nos ajuda nos desafios diários de apoiar o processo de educação dos nossos filhos. É uma saída para muitos conflitos que tornam-se aventuras divertidas.


Estas são só algumas habilidades que potencialmente desenvolvemos com a maternidade. A ideia não é romantizar as situações que vivenciamos, mas perceber a potência em cada mulher-mãe. Muitas de nós, nos lançamos a empreender, diante da necessidade de estarmos conectadas com atividades que fazem sentido para nossas vidas seja pela vontade de dedicarmos nosso tempo a contribuição no mundo, seja para estarmos mais próximas aos nossos filhos.


Descobri, neste tsunami, chamado maternidade, que quero contribuir para que outras mulheres empreendedoras cresçam e criei diversos conteúdos importantes para compartilhar a partir de minhas experiências profissionais e pessoais tanto aqui no blog quanto no meu instagram @alefreitas.com.br.

83 visualizações

CONTATO

ENDEREÇO

Rua Miragaia, 432

São Paulo - SP

CONTATOS

(11) 97135-5100

  • Alessandra Freitas Facebook
  • Instagram Alessandra Freitas
  • Branca Ícone LinkedIn

© 2019 por